estudo de caso

Estudo de caso: Buser e o incentivo para exercícios físicos

13 maio, 2022

No primeiro estudo de caso aqui no blog, abordaremos o caso Buser, que figurou entre alguns dos maiores noticiários do país no final de março de 2022 com algo peculiar: a empresa bonifica os colaboradores que praticam exercícios físicos.

A gestão de saúde corporativa é capaz de aumentar níveis de satisfação dos colaboradores quanto à empresa, a qual também economiza com os gastos em plano de saúde e conta com funcionários mais felizes e produtivos.

Continue lendo e saiba mais sobre o case!

O case Buser

A Buser, empresa de tecnologia focada em mobilidade, surpreendeu o público com um benefício corporativo um pouco diferente do que estamos acostumados: os colaboradores que praticam exercícios físicos recebem uma bonificação salarial de 5% a 10% no que é chamado um “Bônus Esportivo”.

Benefícios relacionados à saúde fazem muito sucesso entre os talentos, e o Bônus Esportivo da Buser não foi diferente; dos mais de 500 funcionários, foi reportado que 80% deles recebem o acréscimo no salário.

Segundo Cesar Barboza, diretor de recursos humanos da Buser, o bônus se refere a qualquer atividade esportiva e, se o colaborador completar 4 horas ou mais de exercícios durante a semana, ele recebe a bonificação máxima de 10% do salário.

Ainda de acordo com Barboza, o benefício cabe na folha de pagamento e o planejamento operacional da folha para contratações conta com as altas estimativas de adesão já contabilizadas. 

O diretor não vê pontos negativos no benefício e diz que os gastos com os colaboradores nem se comparam ao que a Buser colhe como empresa, fazendo com que a bonificação realmente valha a pena.

estudo de caso

Por que este benefício deu tão certo?

Ter boas práticas dentro da gestão de saúde corporativa traz grandes vantagens tanto para o colaborador, quanto para a corporação. 

No exemplo da Buser, mesmo com o custo, é claro como a empresa recebe de volta na conquista e retenção de talentos e na economia com outros benefícios, como o plano de saúde.

Ações de saúde como a presente neste estudo de caso aumentam a satisfação e o engajamento dos colaboradores e, o mais importante de tudo, contribuem para uma maior qualidade de vida e bem-estar para eles.

Quer saber mais sobre esse caso? Ouça o HealthCast #1 – O Case Buser: bonificação salarial para quem pratica exercícios físicos

Leia também

Deixe seu comentário